Salas pequenas: 5 dicas para uma decoração que cabe no seu espaço

salas pequenas

Saiba algumas dicas de como aproveitar melhor o espaço de salas pequenas na hora da decoração.

Salas pequenas

Quando uma sala pode ser considerada pequena? É um conceito que pode ser considerado relativo para alguns. Isso porque uma mesma sala pode ter o tamanho ideal para um apartamento de um dormitório mas ser pequena para uma família de cinco. Em questão de metragem, aqui, vamos considerar pequenas, salas de até 20m².

1) Comece com régua e papel

Defina um formato de sala que leve em conta a circulação do ambiente. Não seria legal esbarrar em móveis e em objetos o tempo todo. Então, uma dica é ter uma planta (nada muito profissional), com as medidas em mãos na hora de comprar os móveis. Se você conseguir, já defina e deixe anotado o lugar em que o móvel vai ficar e o tamanho máximo que a peça deve ter. Fazer isso vai ajudá-lo a resistir quando ver aquela peça maravilhosa, mas que é grande demais para sua sala! Tente se concentrar apenas nos móveis que realmente precisa. Na hora de decorar salas pequenas, a regrinha “menos é mais” cai como uma luva!

2) Escolha bem os móveis

Você precisa ter cuidado na escolha dos móveis. Sofás e racks  devem ser pouco profundos, para não roubarem espaços preciosos. O sofá deve ser mais “sequinho” e com braços também finos, para você ter um maior aproveitamento dos assentos. Fixar a TV na parede também ajuda a liberar e ganhar espaços. O painel é opcional, mas se optar em tê-lo lembre-se de que tons muito escuros dão a impressão de ambientes menores. Então, escolha materiais ou tons de madeira mais claros.

3) Atenção ao teto e ao rodapé

Uso de cores claras. Essa é uma dica universal para quem tem problemas com espaço. Usar cores claras não aumentará o seu ambiente, mas criará a sensação de amplitude. Não que você não possa ter cores na sua sala, mas as deixe para pequenas peças ou detalhes. As paredes não precisam ser brancas, tons off white são claros o suficiente e ainda cumprem esse papel. Para o teto, mantenha o branco, pois o encontro dessas cores nas quinas provoca um lindo efeito tom sobre tom. O rodapé pintado da mesma cor da parede também ajuda a aumentar o pé-direito e ainda fica muito sofisticado.

4) Decoração nas paredes? Sim!

Prateleiras e nichos pouco profundos são recursos ótimos para apoiar livros, objetos decorativos e até pequenos quadros. Papel de parede também é um recurso prático e muito usado, mas fuja das composições. Escolha apenas um modelo e aplique em, no máximo, duas paredes do ambiente. Se você escolher um tom neutro, que converse com a tinta escolhida para o ambiente, vai acertar em cheio! Cortinas em linho ou voal fazem uma moldura para a guarnição da janela, que não é uma coisa bonita de se ver, e não pesam no ambiente.

5) Toque pessoal

Personalidade do ambiente. Não se esqueça de que a sua sala tem que ter a sua cara! A personalidade de um ambiente é o que o deixa mais confortável para o proprietário e atraente para as visitas. Coloque objetos que tenham a ver com seu hobby, trabalho ou algo que goste muito. Peças adquiridas em viagens também são boas para ficarem expostas sobre uma mesa lateral, por exemplo. Se você gosta de cor, invista em uma composição bem colorida de almofada. Que tal uma luminária de piso descolada no canto do sofá?

Fonte: Vida e Estilo

Compartilhe

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.